TCE-GO determina medidas para garantir segurança em rodovias

A iniciativa é do conselheiro Sebastião Tejota e foi tomada após inspeção dos trechos

Após inspeção nas rodovias estaduais goianas que ligam Goiânia a Aruanã e a Caldas Novas, realizada pela Gerência de Fiscalização de Obras e Serviços de Engenharia do Tribunal de Contas do Estado de Goiás, o conselheiro Sebastião Tejota determinou (em 07/mar) que a Goinfra tome uma série de medidas para garantir a segurança dos usuários. São elas: ampla divulgação de natureza educativa e preventiva nos diversos meios de comunicação das condições reais de trafegabilidade, ressaltando o perigo para os motoristas; fiscalização de velocidade e sinalização, inclusive em associação com a Polícia Militar Rodoviária; campanhas educativas; além de manutenção preventiva e corretiva nos trechos citados nos relatórios.

As equipes técnicas do TCE-GO constataram uma série de problemas nos trechos já analisados como “panelas”, afundamentos, sinalização deficiente, erosões alcançando a rodovia e até deslizamentos de terra. Nos próximos dias, outras três rotas serão objeto de fiscalização (confira relação abaixo).

A atuação do TCE-GO, que conta com o suporte do Laboratório Móvel que avalia a qualidade da pavimentação, foi motivada por várias denúncias de usuários. A situação precária da GO -060 , entre São Luís de Montes Belos e Iporá, e da GO-173, que liga Israelândia a Jaupaci, levou o Ministério Público Estadual a ajuizar ação civil pública contra o Estado de Goiás e a Goinfra.

DICOM TCE-GO

Compartilhe!