TCE-TO empossa dirigentes

Nova Mesa Diretora assume gestão para o biênio 2019/2020

Ao tomar posse, conselheiro Severiano Costandrade aponta tecnologia e governança como pilares da nova administração do TCE/TO

“Com ações estratégicas, de inteligência e de maneira transparente, se pautará a condução dos nossos trabalhos. Governança e tecnologia serão os pilares da gestão”, destacou o novo presidente do Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO), conselheiro Severiano Costandrade, ao tomar posse, na tarde desta quinta-feira, 7.

A Sessão Solene também celebrou os 30 anos de criação da Corte de Contas. A gestão empossada para o biênio 2019/2020 também é composta pelo vice-presidente, conselheiro Alberto Sevilha, e pelo corregedor, conselheiro José Wagner Praxedes.

Ascom TCE-TO

Costandrade garantiu que as iniciativas da gestão beneficiarão os tocantinenses. “Quando se fala em governança no setor público é importante ressaltar que se trata de um conjunto eficiente de mecanismos que asseguram a execução de ações sempre alinhadas ao interesse da sociedade”.

O presidente pontuou que diante da crise financeira do país que afeta os governos, os desafios são grandiosos e exigem união do órgão responsável por estabelecer o equilíbrio das despesas públicas. “Conselheiros, conselheiros substitutos e servidores, este é um momento de construção e convergência de pensamentos. Sentar-se à mesa para tratarmos do Tribunal de contas será necessário”.

Dar sequência ao trabalho de gestões passadas também esteve presente no discurso do presidente Costandrade. “Continuidade à administração exitosa que o Tribunal de Contas vem desenvolvendo, desde o período em que deixamos a presidência, passando pelo conselheiro Wagner Praxedes e, por último, pelo conselheiro Manoel Pires”.

O novo presidente frisou que buscará uma respeitosa relação institucional com os poderes. Para ele a parceria com as instituições é de fundamental importância para o sucesso desta caminhada. “Não medirei esforços para fomentar o debate sobre situações que exijam a união de pensamentos para a sua resolução, a exemplo da série “Dialogando com o TCE’.

Ao anunciar outras ações que pretende implantar, Costandrade destacou um sistema de inteligência artificial para fortalecer a atividade de fiscalização das contas públicas.

“Criaremos um aplicativo móvel capaz de concentrar procedimentos em uma só ferramenta, de modo que com um simples toque no celular, será possível receber citações, notificação push e até mesmo peticionar ao Tribunal através do smartphone”. Esse foi outro projeto anunciado pelo conselheiro presidente durante o discurso.

“O homem que vai mais longe é, geralmente, aquele que está disposto a fazer e ousar, e maior que o medo, é a coragem”, enfatizou o presidente.

Autoridades

Prestigiaram a cerimônia de posse diversas autoridades estaduais e nacionais, como os conselheiros dos Tribunais de Contas do Estados de Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Sul e Sergipe. “Conselheiro Severiano já esteve no comando do TCE Tocantins por duas gestões e também presidiu o Instituto Rui Barbosa (IRB). Ele assume agora mais um mandato ainda mais experiente”, avaliou o presidente do TCE de Alagoas, Otávio Lessa.

O procurador-geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior, falou da relevância da parceria TCE e MPE. “Vamos continuar trabalhando juntos. Tenho certeza que o conselheiro Severiano é um homem que tem toda expertise e vai elevar ainda mais esta Corte de Contas”.

Compuseram a mesa de honra, além dos sete conselheiros que compõem o Tribunal Pleno e o procurador-geral de Contas, Zailon Miranda Labre Rodrigues, o governador do Estado, Mauro Carlesse, o vice-governador, Wanderlei Barbosa Castro, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Antônio Andrade, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, o procurador-geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior, o defensor público-geral Fábio Monteiro dos Santos, o presidente da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), conselheiro Fábio Túlio Nogueira, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Tocantins, Gedeon Pitaluga Júnior e o presidente da Associação Tocantinense de Municípios, Jairo Soares Mariano.

ASCOM TCE-TO

Compartilhe!