SINAOP debate Resoluções Diretrizes

O presidente Fábio Nogueira foi um dos palestrantes do XVIII SINAOP – Simpósio Nacional de Auditoria em Obras Públicas, na tarde desta terça-feira (06/11). Ele abordou acerca das ‘Resoluções da Atricon e o aprimoramento do Controle Externo’. O evento, iniciado ontem (5/11), se estende até o próximo dia 9, acontece no Centro Cultural Ariano Suassuna, sede do TCE-PB. A mesa dos debates foi presidida pelo Conselheiro Marcos Costa, coordenador da Escola de Contas do TCE-PB.

Fábio Nogueira iniciou sua explanação destacando a pertinência do tema do SINAOP – “Obras Públicas: Planejamento, Controle e Efetividade” – com o compromisso assumido pelo Sistema Tribunais de Contas, junto ao Conselho Nacional de Justiça, durante recente Diálogo Institucional convocado pelos Ministros Dias Toffoli, presidente do STF e do CNJ; e Raimundo Carreiro, presidente do TCU.

Por iniciativa conjunta da Atricon, TCU e CNJ está sendo instituído, com a participação de todos os Tribunais de Contas do Brasil, um Comitê Interinstitucional de Diagnóstico de Grandes Obras Suspensas. A tarefa será consolidar dados acerca da paralisação de serviços e apresentar um perfil à sociedade.

O presidente Fábio Nogueira ressaltou que a expectativa é de que, depois de produzido o diagnóstico, se indiquem meios de desobstrução dessas demandas para que os cidadãos usufruam dos serviços públicos. “Outro grande interesse do Sistema Tribunais de Contas é promover o reaquecimento da economia”, salientou.

Ele mencionou que as Resoluções Diretrizes da Atricon têm consonância com essa premissa: atendimento às demandas da sociedade. Fábio explicou que as normas têm o intuito de propiciar um melhor direcionamento das atividades de fiscalização e controle. Com isso, os TCs passam a dispor de mecanismos para produzir ações mais efetivas.

Histórico – Em 2013 foi instituído o Programa Qualidade e Agilidade dos Tribunais de Contas. O QATC tem o propósito de guiar as atividades e ações da Atricon, na persecução pelo aprimoramento, com um conjunto de Resoluções Diretrizes, construídas em sintonia com as mais bem conceituadas normas e práticas internacionais de auditoria.

As Resoluções Diretrizes têm a feição de normas técnicas para orientar procedimentos. E, embora não sejam impositivas, foram incorporadas na rotina de todos os Tribunais de Contas do Brasil.

Atualmente o normativo é composto por 14 Resoluções Diretrizes, que são a base do Marco de Medição de Desempenho. O MMD-TC possui uma conceituação técnica em que se consideram mais de 500 critérios de desempenho. Os Tribunais se dispõem, de maneira espontânea, a passar por uma avaliação que tanto identifica as experiências exitosas quanto os aspectos passíveis de adequação em suas ações.

Fábio Nogueira lembrou que o primeiro Tribunal de Contas a receber o comitê gestor de avaliação de qualidade e de agilidade do controle externo, foi o da Paraíba, em agosto de 2013, quando ele presidia a Corte paraibana.

Novas temáticas – onze novas Resoluções Diretrizes estão em fase de edição, com a colaboração de membros e técnicos de todos os TCs brasileiros. A nova temática será incorporada à aplicação do MMD-TC em 2019. Fábio Nogueira explicou que elas surgiram a “partir da dinâmica das demandas sociais”.

Ao final da exposição, Fábio Nogueira reafirmou a necessidade de que o Sistema Tribunais de Contas amplifique a missão constitucional de zelar pela responsabilidade fiscal e pela qualidade da gestão pública.

XVIII SINAOP – Com o tema “, o XVIII SINAOP tem como objetivo o aprimoramento da técnica dos profissionais e o aperfeiçoamento dos procedimentos de auditoria e de execução e fiscalização de obras e serviços de engenharia.

Organizado pelo Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas (Ibraop) e o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), o evento conta com o apoio da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), do Instituto Rui Barbosa (IRB), do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA-PB) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Paraíba (SEBRAE-PB).

Ascom Atricon

Em 6 de novembro de 2018.

Compartilhe!